Palavras da Comunidade

O Candomblé para mim é antes de tudo, sentir. Sentir a energia dos Orixás; sentir-se em família e em comunhão; sentir o Àse! Mas o que é Àse? Para sentir o Àse, requer dedicação, sensibilidade, respeito e simplesmente pés no chão traduzido como humildade. Àse é se sentir completo, sentir o meu eu mais íntimo, é energia que movimenta e me faz melhor! Para mim Candomblé é fé nos Orixás e certeza de que tudo já deu certo. / Ramon de Oxaguian


O Candomblé é a religião da vida, por isso não estamos preocupados com qualquer ideia de salvação. Nós celebramos a vida e as suas coisas boas, a fertilidade, a sabedoria, a fartura, a boa mesa, a linhagem, a Natureza… No terreiro somos um só, uma família onde o compromisso, a humildade e a união são fundamentais. O abraço tem de estar sempre presente, pois o terreiro é, para muitos, a família, o lar, que não têm noutro lugar. /Alagbe Junior de Oxaguian


O candomblé para mim é o encontro dos orixás na natureza, nas folhas e nas matas, e em tudo que vive e tem o seu ponto de força. As cores, os cheiros das comidas e os som das atabaques invocando as forças sagradas dos Orixás que vivem na natureza e no Tempo, fazer parte da nossa vida de cada dia nas nossas casas. E que os nossos Orixás podem vir dançar e abraçar os seus filhos. Orixá é amor e vida e o ar que nós respiramos.E que somos sentinelas que cada um traz uma parte para cumprir a missão. Juntos somos mais forte. O candomblé é Família e tradição e ancestralidade respeitando os mais velhos e os mais jovem. / Claudio de Logunedé


Pelo Candomblé viajo…Viajo no CAMINHO e vou… em direcção ao Mar, para dançar com a Dona do meu Ori, Yemanjá que juntamente com Oxalá e Oxossi sempre sussurram ao meu coração. Viajo no TEMPO e vou… ao encontro dos meus ancestrais, repetindo os seus gestos, as suas palavras, os seus pensamentos e assim juntos somos Agora e Sempre. Viajo no CORAÇÃO e vou… em Família nessa união de laços da vivência do Mundano Sagrado em que o Gesto é Vida. Viajo na MISSÃO e vou… percebendo que já nasci abençoado, de missão dada, como cada um de nós, todos criados para fazer a diferença.Viajo no SER e vou… vivendo a sacralidade das folhas, dos animais, dos rios e mares, das florestas, do ar, do céu, do arco-iris, da justiça, da beleza, de tudo o que os meus olhos vêem ou o meu coração sente. O Candomblé é essa Viagem. / Ogan Henda de Yemanjá


Candomblé significa re-nascimento. É Memória, Tradição, Família… os ORISAS apenas reconhecem quem os cultuam com Amor. / Claudia de Oxaguian


Eu e o Candomblé, o Candomblé e eu | E neste momento que ao pensar neste tema sinto borboletas no estômago… Quando entrei pela porta do terreiro que me viria a acolher, foi como se tivesse regressado ao berço, foi essa a paz que senti, foi nesse momento que o meu coração acalmou… Chegou o momento em que eu pude descansar após tanto tempo com uma ânsia de constante busca pelo meu EU… Não soube no momento o porque da minha ida lá pois não conhecia nada da religião, apenas fui como que puxado por algo… Hoje o candomblé e os orixás vivem em mim de uma forma que não consigo reproduzir em texto, somente no brilho do meu olhar. Foi como se de repente tudo fizesse sentido e todas as pecas se encaixassem… A necessidade de estar sempre no terreiro tornou-se uma constante, a necessidade de sentir a minha Oyá faz parte de mim… O amor que cresce em mim faz com que a minha devoção cresça de uma forma saudável e equilibrada comigo mesmo para com meus Orixás… Sou de Oyá… Sinto-a em mim como que um eterno amor… Que minha Mãe Sussu me guie através desta grande jornada com o apoio de toda a minha família de santo é o que mais desejo. Àse. / Luís de Oyá